A esquerda pedante e a direita letárgica

Diante dos últimos acontecimentos, constatei algo perigoso e gostaria de compartilhar com o leitor.

A morte de Margaret Thatcher e o atentado em Boston fizeram emergir o que há de pior na direita e na esquerda, se é que isso existe por aqui.

Manifestações de apoio a morte de Thatcher não faltaram na imprensa e nas redes sociais (o grande indexador de idéias do Brasil). Revistas e canais de televisão enalteceram as grandes “conquistas” da dama de ferro, como, por exemplo, o conflito com a Argentina pelas ilhas Malvinas. Se esqueceram de dizer que foi uma guerra (pra variar) geopolítica, onde o que estava em jogo era a reputação britânica dentro da crise neoliberal instalada e a eleição de Thatcher. Apenas se olharmos a distância da ilha em relação a Londres rapidamente concluimos que esse é um resquício de uma política neocolonialista que serviu de muleta para Thatcher.

O conflito pelas Malvinas
O conflito pelas Malvinas

De outro lado, o atentado em Boston e é claro, o hit brasileiro, Marco Feliciano, também fizeram ressurgir todo o pedantismo da esquerda. Evidentemente os EUA não são flor que se cheire, mas, não vejo por que motivo o atentado foi apoiado por alguns. Aquilo foi um ataque a uma das provas mais tradicionais americanas, covarde e contraproducente, e que irá gerar mais atitudes covardes por parte do governo americano.

Quando o assunto é Marco Feliciano aí a coisa fica pior. O facebook nos apresenta uma nova classe, a dos ateus que fazem o mesmo que os segmentos religiosos mais fanáticos fazem: convencê-lo. O M.F realmente é um estúpido que está se aproveitando de todo o ibope dado a ele, mas jornais e pessoas no facebook chegaram a publicar matérias dizendo que ele tentaria acabar com os jogos eletrônicos no Brasil. Pronto, mais uma onda de xingamentos em cima dele por algo que ele nem sonha e, cá pra nóis, qualquer leitor um pouquinho mais esperto sabe que isso é uma piada.

A direita é letárgica, diante disso, a esquerda brasileira se expande de maneira irracional e estúpida.

Anúncios

4 comentários sobre “A esquerda pedante e a direita letárgica

  1. Nenhuma novidade, apenas mais do mesmo….Extremistas, sejam de “direita” ou “esquerda”, como sempre. As pessoas sempre buscam soluções e respostas simplistas para os problemas.

    Curtir

  2. Realmente a maior estupidez é o extremismo seja de qual parte for. Isso acaba criando fanatismo num mundo cada vez mais intolerante com as diferenças. Bom texto e bem sintetizado.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s